Montadoras investem em veículos híbridos e elétricos

A relação sustentabilidade x empresas tem sido cada vez maior no mercado automobilístico. As grandes multinacionais fabricantes de veículos estão começando investir “pesado” na geração de produtos, bens e serviços que utilizem energia limpa. Uma revolução no setor. Montadoras como a Ford, Toyota e Lexus passaram a jogar seus investimentos em carros híbridos e elétricos.

A Ford, por exemplo, está preparando o lançamento de um modelo com versão 100% elétrica de duas de suas pick-ups mais vendidas, a F-150 e a Super Duty, além de um crossover inspirado no Ford Mustang, incluindo a versão híbrida (carro com dois motores: um de combustão que utiliza combustível comum e outro elétrico) do modelo. Até a próxima década, a F-150 somará à sua linha uma versão híbrida com o objetivo de captar os olhares daqueles que pretendem iniciar a sua particular transição para a mobilidade elétrica. A previsão é de que a versão limpa da F-150 chegue ao mercado em 2020.

A Toyota também é uma empresa que investe nos veículos elétricos. A empresa confirmou que no último trimestre deste ano pretende lançar no Brasil o primeiro veículo híbrido flex do mundo. Há mais de um ano a Toyota está rodando o País com um modelo com motor de combustão interna que se difere dos outros propulsores híbridos por funcionar com eletricidade, gasolina e etanol. O carro será anunciado também até o final deste ano.

Já a Lexus foi ainda mais “fundo” e decidiu que venderá apenas carros híbridos no Brasil. O anúncio foi feito em novembro passado, na São Paulo Expo. Segundo o vice-presidente executivo da companhia, Miguel Fonseca, a partir do início do segundo semestre de 2019, quando for renovado o RX, todos os carros disponíveis da companhia no País serão híbridos.

Ao que parece, na segunda metade deste ano, vários veículos híbridos estarão disponíveis nas redes de várias montadoras, possibilitando assim mais automóveis elétricos e pouco poluentes no País. A Ford, por exemplo, pretende ainda eletrificar sua linha atual de produtos, somando a cada um deles diferentes opções com versões híbridas plug-in e alternativas 100% elétricas.

Fonte: panoramaoffshore

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *