O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do DF (Icec-DF) registrou alta de 0,7 ponto em maio na comparação com abril deste ano, fixando-se em 119,2 pontos. Em relação ao mesmo período do ano passado, o índice apresentou crescimento de 13,6 pontos. É o que mostra a pesquisa divulgada pela Fecomércio-DF. Valores acima de 100 indicam otimismo.

O presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, destaca que no mês de abril o índice de confiança do empresário teve a sua primeira queda no ano. Agora, em maio, a situação volta a melhorar. Segundo ele, a expectativa é a de que a confiança volte a subir nos próximos meses. “Em junho temos a Copa do Mundo que pode aquecer bastante o comércio. A expectativa dos empresários está muito alta em relação ao torneio, o que também pode auxiliar no crescimento da confiança do empresário nos próximos meses”, explicou Santana. Ele destaca ainda que se formos analisar na comparação anual, o índice cresceu de forma muito satisfatória, com dois dígitos de aumento. A previsão é de que a economia brasileira cresça com mais força em 2018, na comparação com o ano passado”, diz Adelmir.

O estudo mostra também que no mês de maio os empreendedores de Brasília estão mais satisfeitos com as condições atuais da economia. Segundo 4,1% dos entrevistados, a economia melhorou muito; 45,2% disseram que melhorou pouco; 23,2% afirmaram que piorou pouco e 27,4% disseram que piorou muito. Os empresários também estão mais dispostos a contratar: 16,6% pretendem aumentar muito o número de funcionários e 42,9% dizem que aumentarão pouco o número de colaboradores.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) detecta as tendências do setor, do ponto de vista do empresário. A amostra é composta por aproximadamente seis mil empresas e os índices, apurados mensalmente, apresentam dispersões que variam de zero a 200 pontos.
Fonte: Fecomércio -DF